Catarinense segue na briga pelo título do Brasileiro de Rally

Toninho Genoin lamenta acidente na corrida de Panambi, que lhe tirou a chance de seguir líder na categoria mais disputada dos últimos anos no campeonato nacional
panambi-final-genoin2

 
Há alguns anos o Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade não via uma disputa tão intensa pelo título em uma categoria. A CBR3, carros de tração 4×2 e motor de até 1.600cc tem nada menos que quatro duplas separadas por no máximo 19 pontos, sendo que cada prova pode valer até 25 pontos.

E a disputa ficou ainda mais intensa após a disputa da quinta etapa, realizada no último final de semana, na cidade de Panambi, RS. Agora são quatro duplas que ainda tem chances de ser campeã, na última etapa, que acontecerá no início de dezembro, em Curitiba. Entre elas está a dupla dos catarinenses Toninho Genoin e Maicol de Souza, da equipe Na Duvida Acelera Racing.

Eles lideram praticamente todo o Campeonato, nas quatro primeiras provas. Em Panambi, no entanto, um acidente tirou a chance de manter o primeiro posto. “Estávamos vindo em um ritmo forte no domingo, pois precisávamos recuperar uma penalidade de um minuto sofrida no sábado. Foi quando o carro saiu de traseira e acertou um barranco, na última especial. No barranco havia um toco, escondido entre a vegetação, e quando a roda acertou este obstáculo, acabou jogando o carro para cima. Não foi nada grave, mas nos tirou da prova”, lamenta o piloto.

Porém, ter abandonado a prova, não significou abandonar a disputa pelo título. “Ainda estamos na briga, porém agora com mais dificuldade por que o Marco (Malucelli, novo líder), vai para a última prova com uma boa vantagem para administrar. Mas rally é isso. Ficamos felizes porque andamos forte e também por nossos dois concorrentes que brigaram de igual para igual o campeonato todo, tanto o Marco quanto o Evandro (Carbonera, vice-líder). As coisas tomaram um rumo um pouco diferente agora, mas vamos para a última etapa e vamos seguir acelerando forte”, enfatiza Toninho Genoin.

O piloto destacou ainda a competitividade que a categoria tem tido este ano. “Fazia tempo que não havia uma disputa tão intensa. Que bom, na etapa final serão quatro duplas ainda com chances e isso somente vai aumentar o espetáculo para o público nas pistas”, completa Genoin.

A dupla catarinense soma agora 118 pontos, na terceira colocação, contra 137 dos líderes. A disputa tem sido apertada desde a primeira etapa de 2014. Dos três primeiros colocados, todos já estiveram em alguma etapa, na liderança da categoria CBR3. Curitiba, no PR, receberá a última etapa, em 7 de dezembro.

A equipe Na Duvida Acelera Racing compete nos campeonatos Brasileiro, Paranaense e Catarinense de rally de velocidade com o apoio de N Coelho Rodas, Revista Motor Machine, RA Racing, Atrupe e Mundial Flex, com preparação da equipe RT One.

CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO DE RALI

Após cinco etapas – última etapa – Curitiba, 07/12

CATEGORIA CBR1

1 – Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut – Mitsubishi Lancer – 140p
2 – Dimas Pimenta III/Rodrigo Konig – Peugeot 207 XRC – 108p
3 – Ricardo Malucelli/Giovani Bordin – Mitsubishi Lancer – 88p (…)

CATEGORIA CBR2

1 – Lucas Arnone/Andrey Karpinski – Peugeot 207 – 135p
2 – Felipe Muller/Felipe Costa – Peugeot 207 – 98p
3 – Pedro Zamith/Gilson Rocha – Peugeot 207 – 95p (…)

CATEGORIA CBR3

1 – Marco Malucelli/Vinicius Anziliero – VW Gol – 137p
2 – Evandro Carbonera/Eduardo Tonial – Peugeot 207 – 123p
3 – Toninho Genoin/Maicol de Souza – 118p (…)

Prime Comunicação
Texto e foto: Edson Castro