Piloto paranaense consegue recuperação impressionante e vai ao pódio no Brasileiro de Rally

Marco Malucelli saiu da oitava para a terceira colocação e uma corrida marcada por adversidades extremas no RS
erechim-final-marco

 
Erechim, no RS, recebeu no último final de semana a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, em disputa simultânea ainda com os campeonatos Sul-americano e Gaúcho. Quase 80 carros largaram para a corrida, que é considerada a mais importante do calendário nacional.

Entre os carros que alinharam no grid de largada, esteve o VW Gol do piloto paranaense Marco Malucelli, da equipe Pro Macchina Motorsports (JMalucelli/Paraná Banco/Coepar/Mercury). Ele teve novo navegador nesta etapa, o erechinense Vinicius Anziliero. A dupla enfrentou uma corrida com dificuldades extremas causadas pela forte chuva da madrugada de sábado e a continuação da precipitação durante todo o dia.

A chuva deixou as estradas de terra com muita lama e bastante escorregadias. No sábado, Marco e Vinicius tiveram alguns problemas que os impediram de encostar nos líderes da categoria CBR3, terminando o dia na oitava colocação.

No domingo, último dia do rally, no entanto, a dupla foi para cima, impôs ritmo forte e chegou ao terceiro lugar, garantindo pódio na etapa. “Domingo fizemos uma  prova de recuperação em função das penalizações que recebemos no começo do rally. Conseguimos imprimir um ritmo muito bom,  apesar de que nas duas primeiras especiais do domingo não escolhemos o pneu certo, mas em contrapartida nas duas últimas foi tudo perfeito. Nós conseguimos recuperar um grande número de posições, e acabamos em terceiro, porém, o que nos deixa feliz é que somamos mais pontos para o campeonato”, destacou o paranaense Marco Malucelli.

Feliz pela conquista do lugar no pódio, ele apenas lamentou a chuva no final de semana. “Eu não gosto de rally com chuva, pois não é possível acertar o carro da melhor maneira, e isso acabou atrapalhando um pouco neste final de semana”, pontuou o piloto.

Com o resultado, Marco deixa Erechim mais próximo dos primeiros colocados na categoria, que este ano está bastante concorrida. O piloto aguarda agora a definição da nova data e local da próxima etapa do certame nacional, que acontecerá em Santa Catarina, possivelmente em agosto.

Este ano, Marco está disputando também o Campeonato Paranaense, onde é o líder da categoria CBR3. A meta é conseguir nos próximos rallys, buscar também a liderança do Nacional, que terá ainda quatro corridas nesta temporada, mais uma no Rio Grande do Sul, duas no Paraná e outra em Santa Catarina.

RESULTADO FINAL DO RALLY DE ERECHIM

Prova do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade

Categoria CBR1
1° -DANIEL BARROS/ ALESSANDER SOARES – Mitsubishi/Evo IX – 2:25:40.6
2°- JOSE BARROS NETO/ MARCO MARINI – Mitsubishi/Evo IX – 2:27:15.1
3° – RICARDO MALUCELLI/ GIOVANI BORDIN – Mitsubishi/Evo X – 2:30:11.2
Categoria CBR2
1° – LUIS TEDESCO/ RAPHAEL FURTADO – Fiat/Palio – 2:23:19.2
2° – LUCCAS ARNONE/ ANDREY KARPINSKI – Peugeot/207 – 2:30:36.0
3° – PEDRO ZAMITH/GILSON ROCHA – Peugeot/207 – 2:35:01.0
Categoria CBR3
1° – EVANDRO CARBONERA/EDUARDO TONIAL – Peugeot/207 – 2:31:12.3
2° – LEONARDO TAGLIARI/ VITOR BOFF – GM/Celta- 2:33:37.9
3° – MARCO MALUCELLI/ VINICIUS ANZILIERO – VW/Gol – 2:39:31.9

Texto e foto: Edson Castro
Prime Comunicação