Correndo em casa, piloto paranaense mira vitória pelo Brasileiro de Rally

Cascavel, no oeste do PR, recebe no final de semana a quarta etapa da competição. Ricardo Malucelli projeta corrida difícil

cascavel-ricardo-580

Tudo novo. Assim será a quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade para a dupla do piloto paranaense Ricardo Malucelli e o navegador Giovani Bordin, do RS. Eles disputam neste final de semana a prova de Cascavel, cidade que fica na região oeste do Paraná. Competindo em casa, Ricardo espera lutar pela vitória para a equipe RT One (JMalucelli/Paraná Banco/Esthetic Car´s Detail). “Nossa expectativa é grande, pois vamos correr dentro do nosso estado e sabemos que para ter alguma chance de brigar pelo título, precisamos vencer esta etapa”, salienta Ricardo.

A corrida de Cascavel será totalmente nova, segundo informações dos organizadores. Boa parte dos competidores que estarão disputando a prova, nunca andaram naquela região, que recebeu pela última vez uma prova do Nacional, em 2005. Caso de Ricardo e Giovani. “Eu acredito que o diferencial nesta corrida vai ser a experiência que a dupla adquiriu durante o campeonato e também um maior conhecimento do carro, pois estamos com um outro Peugeot 207, desde da etapa de Ouro Branco”, frisa Ricardo Malucelli. “A confiança que temos um no outro é um grande diferencial , estamos bem focados e acreditamos no nosso potencial”, completa o navegador Giovani Bordin.

Reconhecimento das especiais será nesta sexta

O trabalho de reconhecimento, ou levantamento, das especiais, feito pelos competidores, acontecerá nesta sexta-feira, dia 27. Este é o momento em que o piloto, ao conhecer a especial, em estradas de terra, passa ao navegador as referências do que vai querer ouvir durante a corrida.

Em Cascavel, serão 15 especiais em dois dias de prova totalizando mais de 150 quilômetros de trechos cronometrados. Por isso, Ricardo e Giovani frisam a importância de realizar um bom levantamento, visando um bom resultado na prova. “O levantamento vai ser de extrema importância, porque como as quatro duplas estão andando muito perto, acredito que é nos detalhes do levantamento que vai vir a diferença. Acredito muito na navegação do Giovani”, explica Ricardo.

Campeonato na reta final

O Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade entra na sua reta decisiva. Serão apenas mais duas provas até o final da temporada, a começar por esta em Cascavel, além de Atibaia, SP, no mês de novembro. Ricardo Malucelli e Giovani Bordin estão na terceira colocação da categoria 207, mas ainda com boas chances de chegar ao título de 2013. “Com a volta do Rodrigo Mello, acredito que a disputa vai ser acirrada até o final. O Dimas Pimenta tem uma vantagem boa e Marlon Goulin também vem de resultados constantes. Acredito que a disputa vai ficar entre essas quatro duplas, pois, a pontuação nessa etapa de Cascavel e de Atibaia vão ser diferenciadas”, enfatiza o piloto.

A equipe também faz avaliação positiva do desempenho até agora na temporada. É o primeiro ano que andam juntos no rally de velocidade. “O desempenho na minha opinião foi muito bom. Tivemos dois acidentes em Erechim (sábado e domingo) que nos afastou dos líderes do campeonato, mas estamos ganhando confiança e velocidade para buscar mais uma vitória e brigar até a última curva da última especial de Atibaia pelo título da categoria”, acrescenta Ricardo.

“Tem  sido um ano super positivo, temos bem claro que os resultados ruins da temporada atrapalharam muito nossa posição na tabela, mas é com os erros que se aprende, vamos em busca do título até o último segundo”, encerra Giovani Bordin.

Programa do Rally

A etapa de Cascavel volta ao calendário do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade após oito anos. A última vez que a cidade paranaense sediou a prova, foi em 2005. Este ano, um grande evento está sendo programado. O parque de apoio, com os boxes das equipes, ficará junto ao Autódromo Internacional de Cascavel, que fica as margens da BR 277.

A programação começa na sexta-feira com a chegada das equipes, montagem dos boxes, reconhecimento das especiais pelos competidores, shakedown, que é o treino final de ajuste e acontecerá junto ao Autódromo, além de um evento promocional de apresentação dos competidores.

No sábado e domingo serão disputadas 15 especiais, nove delas no primeiro dia, totalizando mais de 150 quilômetros de trechos cronometrados em estradas de terra no interior do município. O acesso do público ao parque de apoio e também nas especiais, é gratuito.

Texto e foto: Edson Castro