Rally Erechim

Quinta e Sexta, dias decisivos para a definição da estratégia para o Rally Internacional de Erechim

A prova de Erechim é válida pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade e também pelos Campeonatos Sul-Americano e Gaúcho

erechim-quinta-cba

16 de maio de 2013 – As previsões são incertas, mas a grande possibilidade de chuva tanto no sábado (18) como no domingo (19) são um ponto determinante para equipes e pilotos na estratégia para a mais tradicional competição do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, o Rally Internacional de Erechim (RS), que acontece neste final de semana, na cidade localizada na região da Serra Gaúcha.

Única etapa do Brasileiro realizada junto com uma prova válida pelo Campeonato Sul-Americano de Rally, este ano a competição volta a bater o recorde de participantes, com 93 carros, sendo 32 duplas estrangeiras, vindas da Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Equador. Disputado desde 1998, o Rally de Erechim também é reconhecido como a etapa mais bem produzida do certame continental da modalidade. Toda a produção do evento fica a cargo do Erechim Auto Esporte Clube que também realiza o Campeonato Gaúcho de Rally de Velocidade (que também terá a realização de uma etapa em Erechim).

Nesta quinta-feira (16), as equipes realizaram o reconhecimento do percurso, que consiste em duas passagens pelas especiais de sábado e de domingo (com carros normais e velocidade controlada por GPS da produção) com um total de 80 quilômetros cronometrados. A atividade causou boas trocas de informações nos bastidores do Parque de Apoio instalado na ACCIE – Associação Comercial, Cultura e Industrial de Erechim. Com a chuva do dia anterior, os trechos ficaram muito lisos e com a possível diminuição de temperatura durante a noite, é certo que a maioria dos concorrentes está se preparando para equipar seus carros com pneus de chuva. Porém, a dúvida ainda persiste com o sol desta quinta-feira. “É difícil se programar agora porque hoje (quinta) o tempo está seco, e se continuar assim, o ideal seria fazer a primeira especial com os pneus para piso seco. Mas os outros trechos estão com muito barro e o ideal já seria andar com os pneus de chuva”, conta Maurício Neves, piloto e companheiro do navegador KZ Morales do carro XRC Peugeot da categoria 4×4.

Para Luís Tedesco, único piloto que participou de todas as 15 edições do Rally Internacional de Erechim, e que corre com o navegador Raphael Furtado a bordo de um Fiat Palio da categoria 4×2 Super, a escolha dos pneus não tem mistério. “Estamos no mês de chuva no sul do país e sempre teremos noites com neblinas e muita umidade. Independente da previsão, na parte da manhã os trechos sempre estarão lisos”, lança seu prognóstico para o grupo de indecisos, Luís Tedesco.

Lucas Arnone piloto da dupla do Peugeot 207 que tem como navegador Felipe Costa arrisca ainda uma nova estratégia “Estamos decidindo ainda, mas poderemos largar com pneus para seco, com dois estepes de pneus de chuva. Depois da primeira especial trocamos para a tração dianteira do nosso carro”, arrisca um dos mais talentosos e jovens pilotos do Brasileiro de Rally de Velocidade.

A programação dessa quinta termina com a grande festa da Largada Promocional no centro da cidade, que costuma ser acompanhada por um grande público. Está confirmada a presença do Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo. Na sexta de manhã, o ronco dos motores dos carros de competição ecoará no pátio da ACCIE a partir das 8h, quando se dará o início ao Shakedown, o último treino para o acerto final dos carros em um trecho de seis quilômetros. Às 10h acontece o Qualifying Stage, o treino de classificação para os carros 4×4, onde os 15 primeiros poderão escolher a colocação da largada de sábado. “E a primeira vez que utilizamos essa forma do regulamento do WRC – Mundial de Rally. Acho uma forma bem democrática”, diz o presidente da Comissão Nacional de Rally, Djalma Neves. O ponto alto da programação de sexta-feira é o Super Prime marcado para as 18h00, quando competidores largam de lado a lado em duplas com um público de mais de 10 mil pessoas.

Programação do rally Internacional de Erechim 2013

Sexta-feira, 17 de maio

7h30min – Vistoria técnica e administrativa
8h – Início shakedown para carros de tração 4×4
10h – Largada do Qualifying Stage (mesma pista do shakedown)
12h – Início do shakedown para carros de tração 4×2
15h – Conferencia de imprensa com competidores
15h – Escolha da ordem de largada pelos tempos do Qualifying Stage
18h – Largada do Super Prime noturno

Sábado, dia 18 de maio

8h30min – Largada do primeiro carro na primeira especial do dia
13h26min – Largada do Super Prime
17h – Conferencia de imprensa com competidores

Domingo, 19 de maio

8h03min – Largada do primeiro carro na primeira especial do dia
13h – Rampa de premiação aos vencedores
13h30min – Conferencia final de imprensa com competidores
 
Dinho Leme Comunicação
Imprensa
Confederação Brasileira de Automobilismo
Foto: Edson Castro