Famílias competem juntas no Rally de Erechim

Os Silva, os Pagliosa e os Solimann. Irmãos, primos, namorados, pai e filhos. Uma relação de amizade que vai além do convívio familiar na disputa do maior rally de velocidade do Brasil, o Rally Internacional de Erechim.

erechim-quinta-familias

Na pista, eles estarão ou nos mesmos carros ou em categorias diferentes, mas o objetivo será o mesmo: competir e também poder viver momentos de descontração ao lado dos familiares.

Laurindo Solimann é o pai. O piloto da equipe Solimann Racing (Solimann Empreendimentos), terá ao lado no carro Peugeot 206, o filho, Felipe, como navegador. Ele fará sua primeira prova no esporte. “A estreia já seria complicada naturalmente, mas tendo a responsabilidade de substituir meu irmão como navegador e correr ao lado do meu pai, que já tinham uma boa experiência e entrosamento como dupla, aumenta ainda mais o desafio. Mas o carro está excelente e confio plenamente na capacidade de pilotagem do pai para brigar pelas primeiras colocações ao final da prova”, enfatiza Felipe.

O outro filho de Laurindo, Fernando, deixa de ser navegador do pai para se tornar piloto, a bordo de um Ford Ka, na categoria Classe 9, pela equipe Solimann Empreendimentos Imobiliários/Bolicho do Tio Chico/SuperCarAutoCenter/Baterias Pioneiro). E como navegadora ele terá a companhia da namorada, Natasha Pedot, que também andará pela primeira vez numa corrida de rally.

“Minha expectativa é das melhores. Como é a minha primeira prova, precisamos de cautela, pois não tenho experiência como navegadora e ainda não temos entrosamento piloto/navegador, mas a confiança que temos um no outro vai ser fundamental para que possamos finalizar prova com o carro inteiro e com uma super experiência que vai ser proporcionada pela melhor prova de Rally das Américas”, aponta a navegadora Natasha.

Família Silva cada vez mais unida pelo esporte

Tudo começou quando Marcelo Silva decidiu andar suas primeiras provas de rally de velocidade. Ai veio o irmão Mauricio, depois a dupla dos outros irmãos, Marcos e Marcio. Todos competindo no esporte. Marcos e Marcio estrearam a bordo de um Fiat 147 que virou xodó da torcida.

Hoje, a dupla compete na categoria R1 e terá mais um motivo para comemorar, antes mesmo de a prova largar. O filho de Marcos, Luis Gustavo, que tem 20 anos, fará sua primeira prova e usará o mesmo carro do início da carreira do pai, o Fiat 147.

Mauricio volta a ser navegador, desta vez com o amigo Gleisson Assis. Já Marcelo, que estava há algum tempo parado, regressará às pistas com o Fiat Palio na categoria Classe 9.

“Me sinto muito feliz por poder ajudar meu filho a competir no rally de velocidade, justamente com o carro que a gente começou toda esta paixão pelo esporte. Minha família toda está envolvida com o esporte já fazem alguns anos e isso para nós é muito importante”, destaca Marcos da Silva, ele que compete pela equipe Tutti Pinturas | Methanol Rally (Lavrati Empreendimentos/Tutti Pinturas/Nortagro/LS Vigilância/Badalotti Gesso/Marangoni Pneus/SanaFogo).

A tradição dos Pagliosas

Claudio Pagliosa foi campeão Brasileiro de rally de velocidade. E despertou a paixão pelo esporte ao primo Milton Pagliosa. Hoje, Claudio organiza o Rally de Erechim. Tem no irmão André, navegador de Milton e no próprio piloto, a sucessão da tradição da família Pagliosa no esporte.

Milton e André, primos, competem na categoria mais forte do rally, com carro de tração 4×4. “É interessante esta ligação familiar numa competição em que a confiança entre piloto e navegador é fundamental. Por nos conhecer mais, as vezes um simples olhar já identifica alguma situação. Eu acompanhei meu irmão (Claudio) no esporte e agora me sinto feliz por poder estar competindo também e ao lado do meu primo”, encerra André Pagliosa.

O evento

O Rally de Erechim terá nesta quinta-feira a largada promocional, na Praça da Bandeira, centro da cidade às 20h. Na sexta-feira os carros vão para a pista para o treino final, a partir das 8h. Às 10h, os carros de tração 4×4, participam do Qualifying Stage que apontará a ordem de largada na corrida. A prova inicia ainda nesta sexta-feira com o super-prime noturno, a partir das 18h. O rally segue ainda no sábado, dia 18 e no domingo, dia 19.

PrimeComunicação
Texto e foto: Edson Castro