Rally Erechim

Maior rally de velocidade do Brasil começa nesta quarta

Prova valerá pontuação para três campeonatos e receberá pelo menos 80 carros no grid de largada
erechim-comecar

 
A maio e mais importante corrida de rally de velocidade do Brasil começa nesta quarta-feira, dia 28, em Erechim, norte do RS. A cidade que tem pouco mais de 100 mil habitantes, receberá nada menos que 80 duplas de competidores para a disputa de uma prova que vale, de forma simultânea, pontuação para os campeonatos Sul-americano, Brasileiro e Gaúcho de rally de velocidade.

O primeiro dia de atividades será dedicado especialmente aos competidores que iniciarão o trabalho de reconhecimento das especiais. Este é o momento em que piloto e navegado vão reconhecer cada trecho cronometrado por onde a prova passará. Em Erechim são 13 especiais, todas em estradas de terra.

A quilometragem também aumentou este ano, e terá um total de 177 quilômetros de trechos cronometrados. Duas especiais terão nada menos que 32 quilômetros cada. Um desafio a mais para quem está competindo.

Durante o reconhecimento, que terminará apenas na sexta-feira, dia 30, o piloto passa ao navegador as orientações do que vai querer ouvir durante a corrida. Depois, na hora da prova, é a vez do navegador repassar ao piloto estas informações, que são basicamente graduações dos obstáculos que vão encontrar no trecho, como curvas, retas, saltos entre outros.

Ainda nesta quarta seguem as vistorias administrativas e médicas. A vistoria médica é feita pela prova em parceria com a Unimed Erechim. É uma espécie de check-up para saber um pouco mais de informações clinicas de cada competidor.

À noite acontece um jantar de recepção aos competidores. Neste mesmo momento será feita a premiação aos alunos vencedores do concurso Rally na Escola.

Os números de um grande rally

O Rally de Erechim se transformou ao longo dos anos na mais importante prova de rally de velocidade do Brasil e uma das principais da América do Sul. Já recebeu competidores de inúmeros países. Américas Central e do Sul, além da Europa já tiveram competidores andando na prova.

Este ano, serão 80 carros largando no grid, divididos em seis categorias: RC2, RC2N, estas duas de carros de tração 4×4, além dos tração 4×2, enquadrados nas categorias RC3, RC4, RC5 e RCR.

Serão pelo menos 29 duplas de outros países como Argentina, Paraguai, Uruguai e Finlândia. Esta será a primeira vez que um finlandês competirá na prova. O piloto Esa Ruotsalainen é da região central da Finlândia, terra de excelentes pilotos como Juha Kankkunen, Tommi Makinen, Jarkko Nikara e tantos outros. A Finlândia é conhecida por ter revelado vários campeões do Mundial de Rally e também onde o esporte é um dos mais populares entre todos disputados naquele país.

Se dentro do grid tem novidades, fora também. Este ano, mais de 100 mil pessoas são esperadas para ver o rally. A prova também se credenciou junto à Federação Internacional de Automobilismo buscando homologação para poder sediar uma etapa do Mundial – WRC, nos próximos anos.

Neste sentido, o promotor do Mundial – WRC, Simon Larkin, deve chegar nesta quarta em Erechim. Ele vem para conhecer a região e o Rally. Mais de 1.200 voluntários também fazem parte da comissão que organiza o evento, gerida pelo Erechim Auto Esporte Clube, entidade promotora do Rally de Erechim.

Esta será a 17ª edição do Rally. Também será a mais longa, com 177 quilômetros de trechos cronometrados, divididos em 13 especiais, em estradas de terra no interior dos municípios de Erechim, Paulo Bento, Quatro Irmãos e Barão de Cotegipe.

Série de atrações especiais

O Rally por si só será um grande atrativo para o público. Mas outras atrações paralelas prometem movimentar o evento. Haverá, a partir de sexta-feira, exposição de carros antigos, exposição de carros japoneses, várias atividades para crianças na Escolinha de Trânsito e Rally na Escola.

No domingo, dia 1º de junho, após a premiação do Rally, haverá show de MotoCross de Jorge Negretti, junto ao Parque da Accie. Este ano, uma outra atração promete ser a última especial do Rally, que será disputada na mesma pista dos super primes noturno e diurno, junto ao Parque da Accie. Esta terá largada por volta das 11h30 de domingo.

Programação da corrida:
Sexta | 30 de maio
07h20 – Início Shakedown 4X4
09h23 – Largada 1º Carro no Qualifying Stage
11h20 – Início Shakedown 4X2
13h20 – Início Shakedown Cross Country
14h20 – Encerramento Shakedown
15h00 – Qualifying Stage – Escolha de Ordem
18h34 – Largada 1º Carro no Super Prime EAEC

Sábado | 31 de maio
08h33 – Largada 1º carro na SS Verdureiros “Master S.” 1
08h51 – Largada 1º carro na SS Pedreira “Cavaletti” 1
09h19 – Largada 1º carro na SS Paulo Bento “Cercena” 1
11h25 – Largada 1º carro na SS Verdureiros “Master S.” 2
11h43 – Largada 1º carro na SS Pedreira “Cavaletti” 2
12h11 – Largada 1º carro na SS Paulo Bento “Cercena” 2
14h03 – Largada 1º carro no Super Prime EAEC

Domingo | 01 de junho
08h03 – Largada 1º carro na SS Campininha “Olfar” 1
08h31 – Largada 1º carro na SS Capo-Erê “Rei Verde” 1
10h27 – Largada 1º carro na SS Campininha “Olfar” 2
10h55 – Largada 1º carro na SS Capo-Erê “Rei Verde” 2
11h33 – Largada 1º carro no SS ACCIE
13h30 – Cerimônia de premiação

Texto e foto: Edson Castro