Cascavel recebe o Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade neste final de semana

A cidade ao oeste paranaense sedia a penúltima etapa da temporada 2013 do torneio

cascavel-cba-antes-580

 

O Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade retorna à cidade de Cascavel (PR), após oito anos. A prova será novidade para muitos competidores inscritos para a quarta etapa da edição 2013 do torneio, que acontece entre os dias 27 a 29 de setembro. A previsão é de que estejam no grid mais de 40 carros, nas quatro categorias: 4×4, 4×2, 4×2 Super e 207 (monomarca Peugeot 207). O parque de apoio e os boxes das equipes estão localizados no Autódromo Internacional de Cascavel.

A competição chega a sua fase final e a etapa promete ser uma das mais acirradas entre as equipes que buscam o título da temporada. Um dos pilotos da casa, o paranaense Ricardo Malucelli, espera uma disputa desafiadora na categoria 207. “Nossa expectativa é grande, pois vamos correr dentro do nosso estado e sabemos que para ter alguma chance de brigar pelo título, precisamos vencer esta etapa”, conta Ricardo, da equipe RT One.

As quatro categorias do CBR 2013 tem briga aberta pelos títulos. Na 4×2 Super, ao menos quatro duplas ainda disputam o primeiro lugar geral do Campeonato. Uma delas é dos gaúchos Evandro Carbonera e Juliano Gracioli, da equipe Cavaletti Rally Racing. “A expectativa é de fazermos uma boa prova, buscando andar forte para podermos pontuar bem e seguirmos com chance de chegar ao título também do Campeonato Brasileiro”, reforça o navegador Juliano Gracioli.

Os catarinenses Luís Tedesco (piloto) e Raphael Furtado (navegador) defendem a liderança do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade 2013. “Tenho ótimas lembranças da corrida de 2005, quando conquistei o título daquele ano ao lado do Kz Morales (navegador). É um rally atípico do que disputamos até agora nesta temporada, com muitas retas e curvas de nível com lombadas para evitar a erosão das estradas usadas para colheita de soja. O piso de terra vermelha pode ser um adversário a mais, caso chova, fica liso como sabão”, declarou Tedesco, 15 vezes campeão nacional e seis vezes campeão Sul-americano.

Os dois Peugeot 207 XRC da equipe ProMacchina Rally – Maurício Neves/Kz Morales e Marcus Cotton/Gilson Rocha – estão prontos e preparados, seguindo o regulamento com o que de melhor existe em termos de competitividade. “A presença do Marcus Cotton é muito bem vinda a equipe. Com a grande experiência dele como preparador e piloto em diversas categorias enriquece o projeto XRC como um todo. O feedback do Cotton após disputar uma etapa completa do campeonato com o XRC vai nos ajudar a consolidar com uma opinião de quem conhece e disputa várias categorias. Isso vai engrandecer ainda mais o projeto XRC e agregar mais um grande piloto a categoria 4×4”, afirma Armando Miranda, um dos sócios do projeto do XRC Brasil.

Segundo Cotton, o Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade é uma modalidade fantástica, exige muita técnica aos pilotos e navegadores e não admite erros. “A categoria 4×4 é a Formula 1 do Rally de Velocidade. Os carros são extremamente rápidos e com muita tecnologia empregada, sem falar no alto nível dos pilotos e navegadores. E, tecnicamente falando, conheço bem o carro. O motor é o mesmo que utilizo em nossa Protom no Cross-country. O câmbio sequencial também já utilizamos anteriormente e com certeza não terei maiores problemas para me adaptar com isso”, frisa o piloto.

Os campeões do Brasileiro e da Copa Peugeot em 2012, este ano a dupla estreou na categoria mais forte, a 4×4. Quinto na classificação da categoria, a meta é buscar um pódio em Cascavel e subir na tabela. “Nossa expectativa é grande, sabemos das dificuldades enfrentadas no ano e estamos cada vez mais aprendendo. Vamos em busca de completar a prova no pódio. A lista de inscritos está em 11 carros apenas na nossa categoria, um belo grid e será uma prova emocionante”, destaca o piloto Fábio Dall Agnol.

No Rally de Cascavel, a dupla Felipe Mueller e Felipe Costa, estará com um novo Peugeot 207 construído na Promacchina, uma das melhores preparadoras de veículos Off-Road do Brasil, chefiada pelo experiente Maurício Neves. Com o carro novo vem também o ingresso em uma nova categoria, a 4×2 Super, para veículos mais preparados. “Nosso projeto foi bem definido objetivando a temporada de 2014. Minha vida profissional esteve muito intensa nos últimos meses, mas com este carro novo acho que a vontade de acelerar vai falar mais alto. A ideia agora é continuar desenvolvendo o conjunto, participar do maior número de provas possível e chegar no ano que vem prontos para um novo desafio”, comentou empolgado o catarinense Felipe Mueller.

A programação começa nesta sexta-feira (27), no cronograma do dia está o reconhecimento das especiais pelos competidores, shakedown, que é o treino final de ajuste e acontecerá no Autódromo de Cascavel, além de um evento promocional de apresentação dos competidores. Já no sábado e domingo, acontecem às disputas das 15 especiais, nove delas no primeiro dia, totalizando mais de 150 quilômetros de trechos cronometrados em estradas de terra no interior do município. O acesso do público ao parque de apoio e também nas especiais é gratuito.

Dinho Leme Comunicação
Confederação Brasileira de Automobilismo