Gustavo Saba torna-se o primeiro tricampeão do Rally de Erechim

Piloto do Paraguai venceu a maior prova da história do rally de velocidade no Brasil

erechim-final-saba

O rally de velocidade viveu no final de semana seu maior momento na história do esporte no Brasil. A cidade de Erechim, no RS, recebeu competidores de seis países, 84 carros no grid, para a disputa da etapa de abertura do campeonato Sul-americano e as segundas etapas dos campeonatos Brasileiro e Gaúcho.

Numa prova que entrou para a história por quebrar todos os recordes relacionados ao rally de velocidade, um piloto do Paraguai escreveu sua própria história na prova, a mais importante do calendário brasileiro. Gustavo Saba (Skoda Fabia) que compete com o navegador Victor Aguilera tornou-se tricampeão da prova, e de forma consecutiva.

Ele cravou o melhor tempo geral do rally em 1h33min45, num duelo palmo a palmo de especiais, nos 140 quilômetros de trechos cronometrados, com outra dupla do Paraguai, Miguel Zaldivar/Hector Nunes (Ford New Fiesta), que terminaram a corrida com o tempo de 1h34min43.

Festa paraguaia pelo terceiro ano seguido no lugar mais alto do pódio em Erechim. “Estou muito feliz por vencer novamente em Erechim. Foi uma prova muito difícil, sobretudo neste domingo onde a chuva aumentou o desafio aos competidores. É sempre muito bom vencer aqui (Erechim), um lugar que tem um grande público acompanhando a corrida e são aficionados pelo rally”, destacou o piloto Gustavo Saba. Ele também venceu a categoria Classe 2 (carros de tração 4×4). A melhor dupla brasileira na disputa é do RS. Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut (Mitsubishi Lancer) garantiram a marca de 1h37min01.

Vencedores por campeonatos

A corrida foi apenas uma, mas a disputa simultânea contou pontuação para os três campeonatos: Sul-americano, Brasileiro e Gaúcho. Na disputa continental, por categorias, Roberto Saba e Leonardo Suaya da Bolívia venceram a Classe 3 (carros de tração 4×4). O Brasil venceu a Classe 6 (carros de tração 4×2) com os catarinenses Luis Tedesco e Raphael Furtado, além da Classe 9 (carros de tração 4×2) com os paranaenses Marco Malucelli e Guilherme Trombini.

Na categoria Classe 10 (carros de tração 4×2), o Uruguai kevou a melhor com Pablo Pereira e Juan Pereira. Os “hermanos” uruguaios venceram ainda a Classe 8 (carros de tração 4×2) com Rivero Guzmann/Martin Cabrera.

No Campeonato Brasileiro, rodada dupla. A categoria Classe 3  teve dupla vitória de Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut. Na 4×2 os erechinenses, Tiago Mocelin e Vinicius Anziliero, competindo em casa, venceram os dois dias de prova. Na 207 (carros mono-marca Peugeot), Dimas Pimenta e Rodrigo Konig levaram a melhor nos dois dias. Já na 4×2 Super, os catarinenses Luis Tedesco e Raphael Furtado venceram no sábado e os paranaenses Luccas Arnone/Felipe Costa ganharam neste domingo.

Pelo Campeonato Gaúcho, Bertholdo e Dalmut venceram na Classe 3, Mocelin e Anziliero na Classe 9, Tedesco/Furtado na Super A/4×2 e Elton Palkewich/Cassio Navarini na R1, eles que também são de Erechim.

RESULTADO GERAL DO RALLY DE ERECHIM

1

SABA, Gustavo AGUILERA, Victor

PRY PRY

2

SKODA FABIA S2000

1.33.45,7

2

ZALDIVAR, Miguel NUNES, Hector

PRY PRY

2

FORD FIESTA S 2000

1.34.43,1

3

DOMINGUEZ, Diego GALINDO, Edgardo

PRY ARG

2

MITSUBISHI LANCER Evo X R4

1.35.53,3

4

BERTHOLDO, Ulysses DALMUT, Marcelo

BRA BRA

4

MITSUBISHI LANCER Evo X

1.37.01,5

5

SABA, Roberto SUAYA, Leonardo

BOL ARG

3

MITSUBISHI LANCER Evo IX

1.39.28,6

6

REMPEL, Victor REMPEL, Vernon

PRY PRY

3

MITSUBISHI LANCER Evo X

1.40.34,8

7

PEREDO, Eduardo BUSTOS, Claudio

BOL ARG

3

MITSUBISHI LANCER Evo IX

1.40.35,6

8

CUENCA, Ruben GALARZA, Daniel

ECU ECU

3

SUBARU IMPREZA

1.41.22,5

9

PEREIRA, Enrique ANTELO, Juan

URY URY

3

MITSUBISHI LANCER Evo IX

1.41.34,4

10

DOS SANTOS Ilo Diehl SONECA, Eduardo

BRA BRA

2

MITSUBISHI LANCER Evo X R4

1.44.59,4

11

FIGUEREDO, Alexandre KARPINSKI, Andrey

BRA BRA

4

VW GOL TREND MR

1.48.44,5

12

MOCELIN, Tiago ANZILIERO, Vinicius

BRA BRA

2

GM CELTA

1.49.08,9

13

TEDESCO, Luis FURTADO, Raphael

BRA BRA

6

FIAT PALIO

1.49.33,8

14

GENOIN, Toninho BROERING, Sidinei

BRA BRA

6

PEUGEOT 206

1.51.45,2

15

PIMENTA III, Dimas KONIG, Rodrigo

BRA BRA

6

PEUGEOT 207

1.51.55,0

16

VALANDRO, Cesar VALANDRO, Egidio

BRA BRA

6

VW GOL

1.52.11,7

17

PIMENTEL, Jean OSTERNACK, Thiago

BRA BRA

6

PEUGEOT 206

1.52.55,0

18

GOULIN, Marlon SOUZA, Maicol

BRA BRA

07

PEUGEOT 207

1.53.16,2

19

CARBONERA, Evandro GRACIOLI, Juliano

BRA BRA

2S

FIAT PALIO

1.53.26,1

20

MALUCELLI, Marco TROMBINI, Guilherme

BRA BRA

9

VW GOL

1.54.11,7

21

MAESTRELLI, Sandro FERRO, Julimar

BRA BRA

2

PEUGEOT 206

1.54.39,3

22

RIVERO, Guzman CABRERA, Martin

URY URY

8

PEUGEOT 206

1.54.47,9

23

LOPES, Rafael MELLO, Rodrigo

BRA BRA

07

PEUGEOT 207

1.55.27,3

24

LOZANO, Miguel LOZANO, Roberto

ARG ARG

9

FORD KA

1.55.29,8

25

PELAEZ, Pablo LEGUIZAMON, Daniel

ARG ARG

9

PEUGEOT 206

1.56.08,7

26

SOSA, Ignacio BELLONI, Stelio

URY URY

9

HONDA CIVIC

1.56.18,7

27

DESTRO, Emerson AVALLONE, Destro

BRA BRA

2S

PEUGEOT 207

1.58.12,8

28

DALL´AGNOL, Fabio MORALES, Gabriel

BRA BRA

4

MITSUBISHI LANCER Evo IX

1.59.09,9

29

CARMINATTI, Vanderle GIACOMEL, Robson

BRA BRA

2

CHEVROLET CELTA

1.59.39,3

30

BARROS, Eduardo MACHADO, Rodrigo

BRA BRA

6

PEUGEOT 207

2.01.10,1

31

JUAREZ, Nicolas PEREYRA, Patricio

ARG ARG

9

FORD KA

2.03.56,1

32

MUELLER, Felipe LANGE, Gerson

BRA BRA

6

PEUGEOT 207

2.06.07,6

33

REYES, Cesar TEJERA, Nicolas

URY URY

9

PEUGEOT 206

2.11.17,2

34

PEREIRA, Pablo PEREIRA, Juan

URY URY

10

LIFAN 320

2.22.23,5

PrimeComunicação
Texto e foto: Edson Castro