logo-erb-brancoverm

Vistoria médica será mantida no Rally de Erechim

Procedimento com pilotos e navegadores será feito em parceria com a Unimed

erechim-logo-noticia

O Rally Internacional de Erechim trouxe como novidade em 2011 a realização de uma vistoria médica para pilotos e navegadores que estivessem disputando a edição daquele ano. A novidade foi mantida no ano seguinte e vai ser realizada novamente em 2013. Os competidores passam por uma avaliação médica, feita por profissionais da Unimed Erechim, antes de começarem a competir na prova.

Os resultados da vistoria são posteriormente arquivados pela organização do evento prevendo qualquer situação de emergência médica durante a realização do evento. O diretor médico do Rally Internacional de Erechim, Élcio Zanardo, também integrante corpo médico da Unimed, ressalta que não haverá alterações no processo já realizado nos anos anteriores, apenas atualização dos prontuários médicos.

Trabalho da Unimed na prova

Além de realizar a vistoria médica, a Unimed Erechim auxilia o rally Internacional de Erechim no que tange a toda a parte médica do evento. “O trabalho da Unimed é organizar e realizar o atendimento médico do evento como um todo, desde a avaliação e liberação dos pilotos, ambulatório para atendimento no Parque da ACIEE, aos envolvidos no evento e ao público durante os eventos no parque e também, durante as especiais aos pilotos e navegadores e, se  necessário ao público assistente”, enfatiza Élcio Zanardo.

No último sábado, profissionais da Unimed e do Corpo de Bombeiros participaram de um treinamento prático visando o atendimento nos dias do evento, caso haja necessidade. “Todo treinamento é importante para aprimorar conhecimentos e poder aplicá-los quando e se necessários”, aponta Élcio Zanardo.

Farão parte da estrutura médica da prova, cinco ambulâncias (UTI), dois carros de apoio, um ambulatório para atendimento no Parque da ACIEE além de parceria para possíveis atendimentos nos Hospitais de Caridade e Santa Terezinha. De acordo com Élcio Zanardo, 50 pessoas entre médicos, enfermeiras, técnicos de enfermagem, socorristas e pessoal de apoio estarão trabalhando nesta setor do Rally Internacional de Erechim.

PrimeComunicação
Edson Castro