Search
Close this search box.

Rally de Cascavel vira Rally do Poupa Pneu

Ilo Diehl e Eduardo Soneca venceram na categoria 4x4

 

O segundo dia do Rally de Cascavel, 8ª prova do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade teve grandes disputas nas categorias 4×4 e 4×2 Super e muita tensão entre os concorrentes das categorias 4×2 e 207 pelo desgaste excessivo dos pneus no piso marcado por pedras soltas e trechos sinuosos. Nem por isso deixou de ser elogiado por todos os pilotos como um dos mais disputados e trabalhosos pelos trechos escolhidos pelos organizadores do Clube de Rallye de Cascavel. Logo na primeira passagem pelas duas especiais deste domingo (29) – Serrinha de 11,25 Km e Autódromo Domingo 9,8 Km, o vencedor da etapa de sábado na categoria 207, Dimas Pimenta III chegou ao Parque de Apoio sem estepe para mais duas passagens pelos mesmos trechos. “É impossível, estamos perdendo de 12 a 15 segundos por Especiais para nos mantermos no rally. No final tivemos que arriscar e conseguimos ainda nos mantermos em terceiro na prova e na liderança do campeonato”, comentou o navegador Rodrigo Konig do Peugeot 207 n# 3. Um estepe para os competidores das categorias 4×2 e 207 passaram a valer ouro na continuidade de mais quatro Especiais do dia. Pelo regulamento eles só têm seis pneus liberados e lacrados. A categoria 4×2 Super tem oito e a 4×4 recebem 12 pneus.

Na 4×4, Ilo Diehl e Eduardo Soneca venceram depois da acirrada disputa com Fabio Dall Agnol e Gabriel Morales, segundo e Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut em terceiro, todos com Mitsubishi Lancer. Diferença de Dall Agnol a frente de Bertholdo foi por apenas 1 décimo de segundo. O XRC Peugeot 207 de Maurício das Neves e KZ Morales teve pane elétrica logo na primeira Especial. O outro carro da equipe com Marcus Cotton e Gilson Rocha, apesar do defeito na roda na traseira esquerda antes mesmo da largada, voltaram a disputar os primeiros lugares no meio da prova, mas ficaram na da SS4 com o mesmo problema.

Na 4×2 Super, o Peugeot de Lucas Arnone e Enzo Jorge, vencedores absolutos de sábado ficaram na chegada da SS2 com o a quebra do câmbio. Ficou aberto o caminho para o Fiat Palio de Luis Tedesco e Rafael Furtado, atuais líderes da categoria. No entanto quem fez a festa da vitória foi a dupla da casa, Sandro Suptitz e Roberto Bespalez com o VW Gol, com Tedesco em segundo e a também de Cascavel, a dupla Marcos Valandro e Roger Valandro levando seu VW Gol para a terceira colocação.

Na 207, Rodrigo Melo e Gerson Lange comemoraram a vitória apertada em cima de Marlon Goulin e Maicol Souza e de Dimas Pimenta III e Rodrigo Konig que conseguiram uma recuperação no final vencendo a última Especial recebendo os 3 pontos da pontuação do Power Stage pelo regulamento.
Na categoria 4×2, Tiago Mocelin e Vinicius Anziliero com o GM Celta tiveram na mão a oportunidade não de dispararem na liderança do campeonato, já que a dupla vice-líder Toninho Genoin e Sidney Broering não vieram para Cascavel. No entanto, Mocelin teve problemas na caixa de câmbio, superaquecimento do motor e três pneus furados. “Consegui furar os três pneus no mesmo lugar. Esse não era o meu rally mesmo”, lamentou Mocelin. O Peugeot 206 de Marcos Malucelli e Guilherme Trombini foi o mais rápido nas seis Especiais de hoje com os vencedores de ontem, Jean Pimentel e Tiago Osternack também com Peugeot 206, chegando em segundo.

A 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade, com a 9º e 10º etapas está marcada para os dias 9 e 10 de novembro em Atibaia, São Paulo.

Resultado para os quatro primeiros de cada categoria:

Categoria 4×4
1) Ilo Diehl/Eduardo Soneca – Mitsubishi Lancer 35min32s1
2) Fabio Dall Agnol/Gabriel Morales – Mitsubishi Lancer 35min32s6
3) Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut – Mitsubishi Lancer 35min32s7
4) Derliz Nunes/Hernan Vargas – Mitsubishi Lancer 38min53s7
Classificação do Campeonato por piloto:
1) Ulysses Bertholdo -193 pontos
2) Ilo Diehl – 135 pontos
3) Maurício Neves – 60 pontos
4) Fabio Dall Agnol – 58 pontos

Categoria 4×2 Super
1) Sandro Suptitz/Roberto Baspalez – VW Gol – 38min40s8
2) Luis Tedesco/Rafael Furtado – Fiat Palio – 39min34s8
3) Marcos Valandro/Roger Valandro – VW Gol – 40min00s6
4) Eduardo barros/Luiz Motta – Peugeot 207 – 43min47s3
Classificação do Campeonato por piloto:
1) Luis Tedesco – 153 pontos
2) Eduardo Barros – 131 pontos
3) Lucas Arnone – 100 pontos
4) Evandro Carbonera – 100 pontos

Categoria 4×2
1) Marcos Malucelli/Guilherme Rombini – Peugeot 206 – 39min15s5
2) Jean PimentelqTiago Osternack – Peugeot 206 – 39min55s7
3) Marcos Tokarski/Kana Ribeiro – Peugeot 206 – 39min57s3
4) Daniel Barros/Alexandre Soares – VW Gol – 40min20s3
Classificação do Campeonato por piloto:
1) Tiago Mocelin – 128 pontos
2) Toninho Genoin – 118 pontos
3) Jean Pimentel – 109 pontos
4) Sandro Maestrelli – 75 pontos

Categoria 207
1) Rodrigo Melo/Gerson Lange – 38min34s2
2) Marlon Goulin/Maicol Souza – 39min03s6
3) Dimas Pimenta III/Rodrigo Konig – 39min12s4
4) Rafael Lopes/João V Ribeiro – 40min38s7
Classificação do Campeonato por piloto:
1) Dimas Pimenta – 157 pontos
2) Marlon Goulin – 133 pontos
3) Ricardo Malucelli – 98 pontos
4) Rodrigo Melo – 95 pontos

Dinho Leme Comunicação
Imprensa
Confederação Brasileira de Automobilismo
Foto: Orlei Silva