logo-erb-brancoverm

Ulysses Bertholdo vence o primeiro dia do Rally de Cascavel, uma das provas mais duras da temporada

Especiais rápidas e perigosas exigiram cautela e técnica dos pilotos

cascavel-sabado-cba-580

 

Com três Especiais difíceis e duras como definiu a maioria dos pilotos que largaram hoje para a 7ª prova do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade em Cascavel, PR, de um total de 37 carros, terminaram 24, com pelo menos dois capotamentos e vários pneus furados em razão de um piso de pedras soltas durante nos três trechos do dia. As equipes dos dois carros capotados garantiram que participarão da prova de amanhã, domingo: o Peugeot 207 de Alexandre Silva e Francis Herrero e o Mitsubishi Lancer da dupla paraguaia Oscar Napout e Pablo Sciangula.

Com nove concorrentes na categoria 4×4, a vantagem logo de início do XRC Peugeot 207 de Maurício das Neves e KZ Morales de 3,7 segundos para o Mitsubishi Lancer de Ulysses Bertholdo/ Marcelo Dalmut e 9,5 segundos de Ilo Diehl/ Eduardo Soneca, também de Lancer, na SS1, durou pouco. Na Especial seguinte, São Braz Ferroeste o pneu traseiro direito do XRC da ProMacchina Motorsport furou. “Tentamos chegar ao final, mas era a Especial mais longa e não conseguimos. Trocamos o pneu e ainda fizemos a SS3 com o amortecedor quebrado”, lamentou Maurício das Neves que mesmo vencendo cinco das nove especiais não conseguiu tirar a diferença e ficou a terceira posição com o tempo de 54min98s8, atrás dos Mitsubishi Lancer de Ilo Diehl e Eduardo Soneca com 50min08s,9 e da dupla vencedora da prova, Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut, 49min10s1. Na quarta posição aparece a dupla paraguaia Derliz Nunes Hernan Vargas com Mitsubishi Lancer. “Uma prova difícil e tensa pelo perigo de ter um pneu furado. Escapamos duas vezes, demos uma volta pela plantação de trigo quando caiu a chuva na terra vermelha, mas conseguimos terminar a prova com a vitória”, comemorou Ulysses.

Na 4×2 Super a dupla Lucas Arnone/Enzo Jorge com o Peugeot 207 venceu as nove Especiais terminando a prova em 52min10,8, sendo o terceiro colocado na classificação geral da prova, na frente de vários carros com tração nas quatro rodas. A dupla que lidera o campeonato da categoria, Luis Tedesco e Rafael Furtado com o Fiat Palio ficou em terceiro 53min25s6, encostado no segundo colocado, a dupla de casa, Sandro Suptitz e Roberto Bespalez que surpreendeu com o resultado com o WV Gol, 53min06s7. “Senti que nosso carro estava bom e andamos forte para manter uma vantagem cada vez maior”, contou o vencedor Lucas Arnone que diz estar pronto para chegar ao final do campeonato disputando com Luis Tedesco.

Com seu maior concorrente, a dupla Toninho Genoin/Sidnei Broering ausente do Rally de Cascavel, os líderes do campeonato na categoria 4×4, Tiago Mocelin e Vinicius Anziliero levaram seu GM Celta com tranquilidade se preocupando com a liderança do campeonato mantendo a segunda posição até a penúltima especial. Não completaram a última por quebra no motor e caíram para quinto na classificação da prova. A vitória ficou com a dupla Jean Pimentel e Tiago Osternack, com o Peugeot 206 para comemorar o aniversário do navegador da equipe RT One. Em segundo lugar ficou com a dupla do também Peugeot 206, Marcos Tokarski e Kana Ribeiro.

Na categoria monomarca 207, Dimas Pimenta III com Rodrigo Konig voltou a vencer e manter uma liderança do campeonato mais tranquila já que seu principal concorrente, o carro da dupla Marlon Goulin e Maicol Souza, na vice-liderança do campeonato chegou em quinto. “Vinha acompanhando bem o Dimas e estava sempre colado até que na sexta Especial escapou o plug da bomba de combustível e perdemos cinco minutos para achar o problema”, contou Goulin, que foi parabenizado por Dimas pela disputa que os dois vinham mantendo até a SS6.

A programação amanhã (29) começa as 9h00 com três passagens por duas Especiais, a Serrinha de 11,25 quilômetros e Autódromo Domingo de 9,80 quilômetros. A premiação marcada para as 15h30 será no Autódromo Zilmar Beux.

Dinho Leme Comunicação
Imprensa
Confederação Brasileira de Automobilismo
Foto: Edson Castro