Rally Erechim

SARR2022: Depois de sexto lugar no prólogo, MSL Rally encara a primeira etapa

Gunter Hinkelmann e Deco Muniz superam batismo de fogo internacional com ótimo resultado nos UTVs. Nesta quinta, serão 390 quilômetros entre La Rioja e Chilecito

Hora de acelerar pela Argentina para Gunter Hinkelmann e Deco Muniz. Depois de fazer bonito no prólogo e participar da largada promocional, a dupla brasileira e seu UTV Can-Am Maverick encaram a primeira das nove etapas do South American Rally Race (SARR2022). E sem qualquer refresco: os 390 quilômetros entre La Rioja e Chilecito atravessam regiões que receberam o Rally Dakar e desafiam os competidores com todo o tipo de dificuldade.

Pela frente serão quatro trechos cronometrados. O primeiro deles o mesmo percorrido pelos participantes no prólogo, com 9 quilômetros de extensão. No caminho até Chilecito, dunas, rípio (piçarra), travessia de rios secos, pedras e navegação por GPS. Tudo cercado por um visual impressionante.

Gunter e Deco fecharam o prólogo com o sexto melhor tempo entre os 39 UTVs – ficaram a 13 segundos dos mais rápidos, os argentinos Gabriel Rodriguez e Santiago de La Vega. Uma performance acima do esperado, já que disputam o SARR pela primeira vez e ainda se ajustam às novidades em relação aos ralis brasileiros.

“Hoje foi só um aperitivo, mas conseguimos um ótimo sexto lugar e vamos largar numa posição interessante amanhã. Precisamos entender o que está na cabeça do organizador, a planilha tem poucas referências, é um padrão diferente e teremos de nos acostumar a isso. Vamos tentar a cada dia aprender um pouquinho mais, entender a prova para chegar bem colocados no fim”, destacou o navegador.

Paixão argentina

Piloto e navegador puderam confirmar a paixão dos argentinos pelos ralis. A modalidade é uma verdadeira febre que começou com as provas de velocidade (o país vizinho recebeu até 2019 uma etapa do WRC). Com a vinda do Dakar para a região, em 2009, os ralis cross-country também caíram no gosto dos hermanos, que fazem tudo para acompanhar a passagem das máquinas ao longo do roteiro.

O SARR2022 tem percurso total de 4 mil quilômetros e reúne competidores de 11 países. Nos UTVs, Gunter e Deco encaram, além de outras duplas brasileiras; argentinos, uruguaios, chilenos e colombianos.

SARR 2022

Prólogo
UTV

  1. Gabriel Rodriguez / Santiago de La Vega (ARG/Can-Am Maverick X3) 7min23
  2. Pamela Bozzano / Cadu Sachs (BRA/Can-Am Maverick X3) 7h27
  3. Nicolas Cavigliasso / Valentina Pertegarini (ARG/Polaris RZR Pro) 7min30
  4. Marcos Mizzau / Germán Cordoba (ARG/Can-Am Maverick X3) 7min32
  5. Bruno Conti / Filipe Bianchini (BRA/Can-Am Maverick X3) 7h35
  6. Gunter Hinkelmann / Deco Muniz (BRA/Can-Am Maverick X3) 7min36

Roteiro
Percurso total: 3.860 quilômetros
Percurso cronometrado: 2.520 quilômetros

17 de fevereiro – 1ª etapa
La Rioja – Chilecito
390 quilômetros (250 quilômetros de trecho cronometrado)

18 de fevereiro – 2ª etapa
Chilecito – San Juan
550 quilômetros (330 quilômetros de trecho cronometrado)

19 de fevereiro – 3ª etapa
San Juan – Tunuyan
460 quilômetros (320 quilômetros de trecho cronometrado)

20 de fevereiro – 4ª etapa
Tunuyan – Alvear
430 quilômetros (300 quilômetros de trecho cronometrado)

21 de fevereiro – Dia de descanso
Alvear (Mendoza)

22 de fevereiro – 5ª etapa
Alvear – 25 de mayo
550 quilômetros (320 quilômetros de trecho cronometrado)

23 de fevereiro – 6ª etapa
25 de mayo – Villa Regina
430 quilômetros (300 quilômetros de trecho cronometrado)

24 de fevereiro – 7ª etapa
Villa Regina – Gral Conesa
400 quilômetros (270 quilômetros de trecho cronometrado)

25 de fevereiro – 8ª etapa
Gral Conesa – Viedma
350 quilômetros (230 quilômetros de trecho cronometrado)

26 de fevereiro – 9ª etapa
Viedma – Viedma
300 quilômetros (200 quilômetros de trecho cronometrado)

A MSL Rally representa a MSL Corporate. Para saber mais acesse www.mslcorporate.com. Conta com apoio de Sparco e Motul

Liberdade de Ideias
Isis Moretti
Foto: Sanderson Pereira