Rally Erechim

SARR 2022: 4 mil quilômetros de desafios em percursos do Dakar

A dupla da MSL Rally - Gunter Hinkelmann e Deco Muniz - fará a sua estreia internacional nas regiões desérticas da Argentina, que já foram palco do maior rally do mundo

O Dakar trocou a América do Sul pela Arábia Saudita em 2020, mas deixou de presente a descoberta de várias regiões perfeitas para o rally cross-country. Uma delas é o Oeste da Argentina, junto aos Andes e à fronteira com o Chile, com percursos marcados pelas imensidões de dunas, deserto, trechos pedregosos e técnicos, e pelos caminhos em ripio (piçarra) e fesh-fesh.

Um legado muito bem aproveitado pela organização do South American Rally Race (SARR) – a Asociacion Argentina de Rally Raid –, que chega à sua terceira edição entre os próximos dias 15 e 26. Pelo caminho, 4 mil quilômetros que levarão a caravana de La Rioja a Viedma, atravessando cidades que receberam em anos anteriores o maior rally do mundo, como Chilecito e San Juan.

E não poderia haver cenário melhor para a estreia internacional da MSL Rally. A equipe alinhará um UTV Can-Am Maverick X3 para o piloto Gunter Hinkelmann e o navegador Deco Muniz, atuais campeões brasileiros de rally cross-country na categoria T3. A chance de percorrer caminhos que receberam os principais nomes e equipes da modalidade no mundo, foi o principal fator para que piloto e navegador resolvessem encarar o SARR.

“Será um desafio pessoal pilotar no deserto da Argentina, minha primeira vez neste terreno. Apesar da minha experiência e a do Deco, é um rally diferente. Pelo que entendemos, uma das maiores dificuldades será a navegação. A nossa condição física também será determinante, pois as etapas são longas e o clima semiárido exige uma hidratação adequada”, diz Gunter.

Deco lembra que a dupla vai vivenciar diversas novidades ao longo das nove etapas, mas por isso mesmo, a oportunidade é única. “Primeira vez no deserto, primeira vez com a navegação por CAP (ângulo de bússola); a expectativa é aprender, evoluir e chegar bem no final. Para aprendizado e para o currículo será uma experiência fora do comum”, reconhece o navegador.

Além da Argentina e do Brasil, mais nove países estão representados, sendo Peru, Equador, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Espanha, Alemanha, Irlanda e EUA, totalizando 11 nações.

SARR 2022

Programação

Roteiro –SARR 2022

Percurso total: 3.860 quilômetros

Percurso cronometrado: 2.520 quilômetros

16 de fevereiro

Shakedown e largada promocional

17 de fevereiro – 1ª etapa

La Rioja – Chilecito

390 quilômetros (250 quilômetros de trecho cronometrado)

18 de fevereiro – 2ª etapa

Chilecito – San Juan

550 quilômetros (330 quilômetros de trecho cronometrado)

19 de fevereiro – 3ª etapa

San Juan – Tunuyan

460 quilômetros (320 quilômetros de trecho cronometrado)

20 de fevereiro – 4ª etapa

Tunuyan – Alvear

430 quilômetros (300 quilômetros de trecho cronometrado)

21 de fevereiro – Dia de descanso

Alvear (Mendoza)

22 de fevereiro – 5ª etapa

Alvear – 25 de mayo

550 quilômetros (320 quilômetros de trecho cronometrado)

23 de fevereiro – 6ª etapa

25 de mayo – Villa Regina

430 quilômetros (300 quilômetros de trecho cronometrado)

24 de fevereiro – 7ª etapa

Villa Regina – Gral Conesa

400 quilômetros (270 quilômetros de trecho cronometrado)

25 de fevereiro – 8ª etapa

Gral Conesa – Viedma

350 quilômetros (230 quilômetros de trecho cronometrado)

26 de fevereiro – 9ª etapa

Viedma – Viedma

300 quilômetros (200 quilômetros de trecho cronometrado)

A MSL Rally representa a MSL Corporate. Para saber mais acesse www.mslcorporate.com. A equipe tem apoio de Motul (óleos e lubrificantes) e Sparco (acessórios para competições)

Liberdade de Ideias
Isis Moretti
Foto: Sanderson Pereira