Rally Erechim

Rally dos Sertões: MS Rally tem pneu furado na terceira etapa

O piloto Mauro Guedes e o navegador Neurivan Calado perderam cerca de dez minutos para efetuar a troca de um pneu furado. Mesmo assim, a dupla conquistou o quinto lugar da categoria Pró Brasil
sertoes-26-ms
26 de agosto de 2014 – O 22º Rally dos Sertões chegou hoje em terras mineiras, montando acampamento na cidade de Paracatu, destino final da terceira etapa. A largada para os 360,45 quilômetros (com 209,86 quilômetros de trecho cronometrado) foi dada em Catalão, GO. Os competidores das categorias motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões encararam mais uma prova dura e técnica, que exigiu resistência dos veículos e capacidade dos pilotos e navegadores.

Em uma sequência de duas vitórias, a dupla da MS Rally, o piloto Mauro Guedes e o navegador Neurivan Calado, não teve boa sorte neste terceiro dia de competição. Eles perderam cerca de dez minutos para efetuar a troca de um pneu furado. “Havia muitas pedras pelo caminho, que causaram um desgaste nos pneus. Vários carros tiveram esse mesmo problema”, contou Guedes, que não se abalou com o ocorrido. “Isso não compromete o nosso resultado. Perdemos uma posição na classificação geral do Sertões, mas nada que seja impossível de se recuperar. Temos mais de 1 mil quilômetros pela frente e vamos buscar esse resultado”, disse otimista o piloto. Desta forma, a MS Rally ficou com o quinto lugar na categoria Pró Brasil, com a marca de 03h00min01s, e ocupa agora a vice-liderança do grupo.

Segundo Neurivan, o dia apresentou variações de velocidade (de média para alta), alternância de trechos de piçarra com estradas de cascalho e travessias de rios. O rally passou por uma região agrícola e na famosa hidrelétrica da Serra do Facão, ainda em Goiás. “A planilha foi bem exigente, pediu concentração e experiência dos navegadores. Percorremos estradas de fazendas, com diversas curvas. Mais uma etapa foi concluída e, apesar deste contratempo, estamos satisfeitos”, declarou Neurivan.

Amanhã, os off-roaders seguem rumo à São Francisco, MG, para um percurso que lembrará a região do Jalapão, no Tocantins. Os obstáculos dos 363,85 quilômetros de especial serão bem variados, com muitas depressões, erosões e pedras, cascalho, areia, piso duro e mais travessias de rios.

Classificação – 3ª etapa Rally dos Sertões
Catalão, GO, a Paracatu, MG

Categoria Pró Brasil

1º José Jorley Júnior e Maykel Justo, 02h44min28s
2º José Sawaya e Marcelo Haseyama, 02h49min43s
3º Jorge Wagenrurh Júnior e Joel Kravtchenco, 02h52min52s
4º Luiz Facco e Humberto Piauí, 02h55min45s
5º Mauro Guedes e Neurivan Calado, 03h00min01s

Programação – 22º Rally dos Sertões

27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135,24 km
Trecho especial: 363,85 km
Deslocamento final: 86,21 km
Total do dia: 585,30 km

28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223,57 km
Trecho especial: 335,98 km
Deslocamento final: 85,89 km
Total do dia: 645,44 km

29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total do dia: 204,29 km

30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Trecho especial: 54,38 km
Deslocamento inicial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km

Liberdade de Ideias
Isis Moretti – Mtb: 36.471
Foto: Victor Eleuterio/Webventure