Rally dos Sertões: Prólogo e Super Prime dão início à 21ª edição nesta quinta-feira em Goiânia

Principais estrelas participaram da coletiva de imprensa no Flamboyant Shopping Center e falaram sobre a grande expectativa para o início das disputas

24-oficial

O Rally dos Sertões dá a largada nesta quinta-feira (dia 25) para a sua 21ª edição. A cidade de Goiânia (GO), que completa 80 anos de fundação em 2013, será o palco da festa, recebendo o rally pela 11ª vez. A 1ª etapa do evento terá o Prólogo, a partir das 12 horas, e o Super Prime, às 16 horas, que vão definir a ordem de largada, na Arena Sertões, montada ao lado do Flamboyant Shopping Center.

Para acompanhar as disputas entre as principais feras do off road nacional e internacional, o público pode trocar 2 kg de alimento não perecível no quiosque montado no Flamboyant Shopping Center pelo ingresso. Os alimentos serão doados para a ONG OVG de Goiás.

Nesta quarta-feira (24), a movimentação já foi intensa na Arena Sertões, com as vistorias técnicas, briefings e a coletiva de imprensa oficial, que reuniu pilotos, organizadores, patrocinadores e representantes do Governo de Goiás, um dos patrocinadores do rally e grande incentivador do evento.

Marcos Moraes, diretor presidente da Dunas Race, ressaltou a grande expectativa para disputas intensas entre as cinco categorias: carros, motos, caminhões, quadriciclos e UTVs. “Vai ser um rally muito disputado e emocionante”, comentou, lembrando que nas motos o evento terá três equipes oficiais de fábrica (Honda, KTM e Yamaha), nos carros Stéphane Peterhansel, um dos principais nomes do rally mundial, na briga com Guilherme Spinelli, tetracampeão dos Sertões; além de um bom grid nos caminhões e a expectativa de grandes duelos entre os UTVs e quadris.

Carlos Ronay, diretor de Gestão e Planejamento da Agetop (Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas), e que atua como coordenador geral do Rally dos Sertões em Goiás, também esteve presente na coletiva e levou a todos os cumprimentos do governador Marconi Perillo. Além da largada, Goiânia também será sede da chegada do rally, no dia 3 de agosto. O estado goiano receberá 80% do trajeto do rally, que também vai passar pelo Tocantins em 2013.

Na coletiva de imprensa, realizada nesta quarta (24), os principais nomes da disputa e campeões do rally em edições passadas, também comentaram suas expectativas para a prova: Guido Salvini, atual campeão nos caminhões pesados; Marcelo Medeiros, campeão 2012 nos quadriciclos e o polonês Rafal Sonik, campeão da mesma categoria em 2010; Bruno Sperancini, primeiro campeão do Sertões nos UTVs, categoria que estreou em 2012; os franceses Stéphane Peterhansel e Jean-Paul Cottret – campeões dos carros no ano passado, que novamente vão duelar com os brasileiros Guilherme Spinelli e Youssef Haddad; e nas motos: os brasileiros Dario Julio e Jean Azevedo (Honda) e o espanhol Marc Coma (KTM). Felipe Zanol, campeão das motos em 2012 e que sofreu um acidente treinando para o Rally Dakar, não estará na disputa este ano, mas também marcou presença, falando entre outras coisas sobre os pneus Rinaldi, patrocinadores do Sertões.

Seis vezes vitorioso no rally, Salvini prevê muita emoção entre os “gigantes dos Sertões”. “Temos grandes concorrentes, a categoria vem crescendo em qualidade e a disputa vai ser forte. Faremos de tudo para ter bastante emoção nesses dez dias de rally, sabemos que a largada aqui sempre foi muito boa e ainda temos o Jalapão para apimentar a disputa, todos traçando estratégias para ir lutando até o fim pela vitória”, comentou.

Muito carismático, o polonês Rafal Sonik elogiou o povo brasileiro e falou sobre a felicidade de estar de volta. “É um sonho estar de volta ao Brasil. Eu não podia deixar de dizer que a experiência de 2010 foi a melhor de minha vida, dos 300 rallys que já fiz eu sempre digo que o Sertões 2010 foi o melhor da minha vida. O Brasil não é só um país onde todo mundo sorri, as pessoas não precisam muito para ser felizes e essa atitude de vida é o que me traz aqui. Até as árvores sorriem aqui. Nunca vou esquecer os sorrisos e toda amizade que recebi. Quanto à competição, vou lutar contra brasileiros e estrangeiros e espero uma disputa muito divertida”, destacou.

Lenda do off-road mundial, Peterhansel também está animado. “O ano passado foi uma experiência muito boa, uma paisagem linda comparada com Argentina, Chile ou África, e muito mais técnica, muitos rios, areia. Imagino que não deve ter sido fácil para a organização realizar uma prova dessas, longa, 10 dias, muitos quilômetros e tivemos uma briga boa com Guiga. Foi uma ótima oportunidade para a equipe, para testar o carro e a hospitalidade muito boa no Brasil. Foi um prazer”, afirmou o francês.

Ja o tetracampeão Guilherme Spinelli, que estreia um novo carro esse ano, o Mitsubishi ASX, espera dar mais traabalho ao francês esse ano. “Sem dúvida nenhuma, é um prazer enorme estar competindo contra a melhor dupla da história do rally, não só pela técnica, pela postura e pelo lado pessoal. Ano passado, no começo, conseguimos dar um pouco de trabalho pra eles, mas depois eles abriram uma vantagem que não foi possível recuperar. Esse ano, vamos tentar dar mais trabalho pra eles, forçar a barra para conseguir andar forte a cada especial, procurar não errar e vamos ver no que dá. Rally é sempre difícil, o Sertões é duríssimo, tudo pode acontecer, mas com certeza vamos tentar o possível para andar junto, na frente ou muito próximo deles, sabendo que essa dupla é favorita em qualquer rally do mundo”, finalizou Spinelli.

O Rally dos Sertões 2013 será um dos mais difíceis da história, exigindo ao máximo dos pilotos, navegadores e suas máquinas. Serão 4.115 quilômetros de prova, sendo 2.488 quilômetros de especiais. É uma das maiores porcentagens de especiais da história do rally, com 60,4% de trechos cronometrados. Para motos e quadris, o evento é válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM e a única etapa com peso 2.

Serão 10 etapas, passando por oito cidades em Goiás e Tocantins. A etapa maratona, na qual as máquinas não podem contar com auxílio externo, acontece no quinto dia, entre Porangatu (GO) e Natividade, no Tocantins. O dia mais longo do rally será na sétima etapa, em Palmas (TO), com 746 quilômetros totais (514 cronometrados); o mais curto será o primeiro, entre Goiânia e Pirenópolis, com 249 quilômetros (84 de especial). A chegada será dia 3 de agosto, também em Goiânia.

Fotos do Rally dos Sertões para download: https://www.fotoarena.com.br/busca/index/t/Rally+dos+Sert%C3%B5es+2013+25-07-2013/?ide=17875

Onde Acompanhar o Sertões:

TV Globo
– Auto Esporte
– Bom Dia Brasil
– Globo Esporte
– Jornal da Globo

SporTV
-Flashes e Boletins Diários

Rádio Eldorado e Rádio Estadão
– Boletins Diários

Webventure
– Cobertura em tempo real e informações: https://www.webventure.com.br/sertoes2013/

Facebook Oficial Rally do Sertões
– Cobertura em tempo real e informações: https://facebook.com/sertoesoficial

Confira a programação para a 1ª etapa (Prólogo e Super Prime) no dia 25:

Arena Sertões:
11h00 Abertura da Arena Sertões ao público
12h00 Previsão Largada – Quads
12h30 Previsão Largada – UTVs
13h00 Previsão Largada – Caminhões
13h30 Previsão de Largada – Motos
14h00 Previsão de Largada – Carros
16h00 – 18h00 Super Prime

Shopping Flamboyant:
18h30 – 19h30 Sessão de Autógrafos no Shopping Flamboyant

Arena Sertões:
19h00 – 19h30 Apresentação – Wheeling Moto Show
20h00 – 22h00 Largada Promocional

Veja a programação completa: https://www.sertoes.com/Programacao_2013.html

E a lista de inscritos para o Rally dos Sertões 2013: https://www.sertoes.com/ListaExtraOficial_2013.html

Acesse o Rally dos Sertões no Facebook:
https://facebook.com/sertoesoficial

Siga o Sertões no Twitter:
www.twitter.com/sertoesoficial

YouTube – Canal Rally dos Sertões:
www.youtube.com/dunasrace

FGCom
Fernanda Gonçalves / Caio Scafuro / Cleber Bernuci
Foto: Vinicius Branca / Foto Arena