Rally Erechim

Dague Paia Rally Team une os extremos do Brasil na busca por novos títulos no Rally dos Sertões

Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul estarão representados a bordo de dois Mitsubishi Triton SR

sertoes-antes-daguepaia

Uma equipe que tem mais estados do Brasil representados em sua tripulação do que os que serão percorridos na edição 2013 do Rally dos Sertões. É com a grandeza histórica e atual de Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul que a Dague Paia Rally Team (FMC / Maxum – Case IH / Petronas Syntium / Mitsubishi) vai encarar o segundo mais importante rally do planeta e maior de todos disputado em um só país. A prova se estende de 25 de julho a 3 de agosto, com largada e chegada em Goiânia (GO).

Os extremos do Brasil estarão unidos em dois Mitsubishi Triton SR, mantendo e ampliando uma parceria iniciada em 2012. Agora, além da dupla João Franciosi / Rafael Capoani, também Romeu Franciosi / Rogério Almeida passam a tripular os veículos de excelência da montadora japonesa, que acumula 11 títulos desde que os carros entraram na disputa, em 1995.

Um deles, levantado pela própria dupla Franciosi/Capoani em 2006, a bordo de um Mitsubishi L200 EVO que entraria para a história. Desde então, ninguém mais conseguiu ganhar o Sertões com um carro de categoria Production. A conquista adquiriu uma amplitude internacional que se mantém até hoje, levando consigo os nomes dos municípios de Luís Eduardo Magalhães (BA) e Caxias do Sul (RS) cada vez que o piloto João Franciosi, do Oeste Baiano, e o navegador Rafael Capoani, da Serra Gaúcha são mencionados.

“A parceria da Dague Paia com a Mitsubishi tem história, é um bom casamento e nos permite pensar em voos cada vez mais altos daqui para a frente. Quanto aos tripulantes do carro, vamos de novo tentar incomodar os grandões”, brinca Capoani.

Irmão de Franciosi e também um piloto radicado nas férteis terras do oeste da Bahia, em Luís Eduardo Magalhães, Romeu terá a companhia do navegador cearense Rogério Almeida, natural de Russas, município do Vale do Rio Jaguaribe, exatamente no semi-árido do sertão. A familiaridade com o ambiente prevaleceu em 2005, quando Almeida sagrou-se campeão do Sertões, ao lado do piloto Edu Piano.

“O Sertões é um verdadeiro teste à resistência e à competência de quem participa dele. E nós sempre queremos representar bem a terra onde nascemos ou que nos acolhe, de onde tiramos o nosso sustento. Queremos orgulhar a Bahia, neste que é um evento de nível mundial, até como forma de gratidão”, afirma o piloto Romeu Franciosi.

Em 2012, o próprio Romeu encarregou-se de cumprir a parte da equipe neste sentido. Ao lado do navegador Deco Muniz, surpreendeu o favorito e futuro campeão Stephane Peterhansel, 11 vezes vencedor do Rally Dakar, e faturou o Super Prime, em São Luís (MA). A façanha do representante de Luís Eduardo Magalhães foi transmitida ao vivo para todo país, pelo canal Sportv.

OS TRIPULANTES

João Antonio Franciosi – Piloto

Idade: 49 anos (18/2/1964)

Local de nascimento: Casca (RS), mas radicado em Luís Eduardo Magalhães (BA) desde 1986

Principais conquistas: campeão geral do Rally dos Sertões de 2006, vice-campeão do Rally dos Sertões de 2007 e 10 vezes campeão baiano de Autocross

Rafael Capoani – Navegador

Idade: 36 anos (9/3/1977)

Local de nascimento: Caxias do Sul (RS)

Principais conquistas: campeão geral do Rally dos Sertões de 2006, campeão brasileiro de rally velocidade, campeão brasileiro de enduro velocidade e campeão brasileiro de Enduro Regularidade

Romeu Franciosi – Piloto

Idade: 41 anos (8/12/1971)

Local de nascimento: Casca (RS), mas radicado em Luís Eduardo Magalhães (BA) desde 1987

Principais conquistas: bicampeão brasileiro de Autocross (2006 e 2008)

Rogério Almeida – Navegador

Idade: 46 anos 01/10/1966

Local de nascimento: Russas (CE)

Principais conquistas: campeão geral do Rally dos Sertões de 2005, Capacete de Ouro – Categoria Off Road como Melhor Navegador de 2005, tetracampeão do Cerapió/Piocerá (em 1992 e de 2001 a 2003) e tetracampeão cearense de rally (em 1991, 2001, 2002 e 2005)

Sobre a equipe

Pela Dague Paia Rally Team (FMC / Maxum – Case IH / Petronas Syntium / Mitsubishi), João Franciosi e Rafael Capoani venceram o Rally dos Sertões de 2006, com uma Mitsubishi L200. Até hoje, foram os únicos a coseguir fazê-lo com um carro de categoria Production. Este ano, a dupla corre em parceria com a equipe Mitsubishi Triton SR.

Romeu Franciosi participa de seu quarto Rally dos Sertões, enquanto Rogério Almeida busca o segundo título, após a conquista de 2005, também a bordo de um Mitsubishi Triton SR.

Sobre o Rally dos Sertões 2013

A 21ª edição do Rally dos Sertões começa no dia 25 de julho, na cidade de Goiânia (GO). Ao todo, a prova terá 4.115 quilômetros e 118 equipes, entre motos, quadris, UTVs, carros e caminhões. Das oito cidades que vão receber a edição com maior trecho cronometrado da história da competição, seis são em Goiás e duas no Tocantins. Ao todo serão 4.157 km previstos e 2.578 km de trechos especiais, um total de 62%.
 
ROTEIRO 2013

25/7 – Prólogo em Goiânia (GO)
26/7 – Goiânia (GO) / Pirenópolis (GO)
27/7 – Pirenópolis (GO) / Uruaçu (GO)
28/7 – Uruaçu (GO) / Porangatu (GO)
29/7 – Porangatu (GO) / Natividade* (TO)
30/7 – Natividade (TO) / Palmas (TO)
31/7 – Palmas (TO) / Palmas (TO)
1/8 – Palmas (TO) / Minaçu (GO)
2/8 – Minaçu (GO) / Goianésia (GO)
3/8 – Goianésia / Goiânia (GO)
*etapa Maratona

GABRIEL IZIDORO
Foto: Theo Ribeiro