Carros e caminhões participaram da etapa de Avaré do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Pilotos e navegadores percorreram um trajeto total de 238 quilômetros neste sábado (11)

series-final-cba

12 de maio de 2013 – Neste sábado (11), na região de Avaré (SP), foi realizada a terceira prova do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que teve sua chegada na cidade de Arandu (SP). A disputa teve um circuito de 80 quilômetros cronometrados e 39 quilômetros de deslocamentos para duas especiais, em meio a plantações na Fazenda Nova Fronteira, com obstáculos naturais em estradas de terra. A prova contou também pontos para o Sertões Series, que teve sua primeira etapa em 2013, e Paulista de Rally Cross Country para carros (sétima etapa) e caminhões (terceira etapa).

O ponto de partida das equipes foi o parque de Exposições Fernando Cruz Pimentel de Avaré. O local serviu como box das equipes que vieram de diversas regiões do país. Participaram 32 motos, 16 quadriciclos, 35 carros, seis caminhões e 21 UTVs (Veículo de Transporte Utilitário, na sigla em inglês).

Nesta etapa, os pilotos buscaram a melhor pontuação para poder seguir os próximos desafios em vantagem. Para conseguir um resultado satisfatório era necessário terminar a prova no menor tempo. O rally está em sua 4ª edição e é a terceira vez que a cidade de Avaré acolhe o certame.

O percurso da terceira etapa apresentou piso batido e seco, diversas curvas de nível, trechos travados, retas com valas e muita poeira, em meio a plantações de milho, laranja e café; em outras palavras, mais um dia de duros obstáculos. Entretanto, acostumados a estes tipos de terrenos. Lucas Moraes e Beco Andreotti estabeleceram um ritmo forte de disputa e venceram a prova, com o tempo de 2h11min40s. “Estamos colhendo o que plantamos, fizemos uma excelente pré-temporada, evoluímos muito o carro. Foi uma especial muito boa, a navegação foi bem complicada, exigiu experiência e concentração. O Beco foi perfeito no levantamento de uma volta para outra. Quero dedicar essa vitória para minha mãe em homenagem ao dia das mães”, descreveu Lucas Moraes, que não escondeu a ansiedade de ser vencedor entre carros na categoria Protótipos T1.

Pela categoria Super Production, a dupla Régis Braga e Ana Carolina Sena Braga, garantiu a vitória da terceira etapa do Brasileiro de Rally Cross Country. Eles venceram as duas especiais, fechando a prova em Avaré com 2h30min00s. Os segundos colocados foram André Franco de Miranda e Osmar Dehn João. “A prova foi muito difícil, com curvas descompensadas, inúmeros saltos, se exagerasse o carro quebrava mesmo. Viemos cautelosos, pois quem não economizou o equipamento ficou para trás”, declarou o piloto Régis Braga.

Marcus Alexandre de Mello e Eduardo Pereira e Costa, comemoraram a primeira vitória na competição pela Pró Brasil. “A prova foi bastante interessante com muitas lombas, exigindo ao extremo da suspensão do veículo. Uma etapa prazerosa de andar e, desta vez, não tivemos nenhum problema, conseguimos imprimir um bom ritmo. Na segunda especial administramos e conseguimos vencer. O carro está com acerto excelente e pronto para o Sertões”, disse o piloto Marcus Cotton.

“Uma especial bem técnica com lombas muito grandes, com relação à navegação não estava muito complicado, exigiu atenção em algumas curvas mais fechadas, mas foi uma prova bem gostosa de navegar”, enfatizou o navegador.

Os líderes do Campeonato Brasileiro na categoria Production T2, Willem e Doris van Hees, fecharam a prova na quinta colocação. “Foi uma prova bastante técnica, que exigiu muita concentração e atenção dos pilotos e navegadores. Qualquer erro poderia comprometer toda a etapa, vimos diversos carros com problemas no trajeto e não tivemos um resultado melhor por conta do motor que não rendeu o que prevíamos. Fomos conversadores para completar as duas especiais do dia e somar pontos preciosos na tabela do Brasileiro de Rally Cross Country”, contou o holandês Willem van Hees.

Caminhões
Para a rodada de Avaré do Brasileiro de Rally Cross Country estiveram inscritos seis caminhões pelas categorias Leves e Pesados. O primeiro a chegar à EMAPA foi o Ford F4000 4×4 de Carlos Policarpo de Oliveira/ Rômulo Seccomandi /Davi José de Oliveira Fonseca. “Esta etapa é o tipo de prova que admiro. Trechos técnicos, travada, com lombas e quebradeira. Foi importante termos vencido mais uma etapa e o mais importante, cumprimos o nosso objetivo de manter a liderança no campeonato brasileiro. Agora é focar na próxima etapa, a de Botucatu, em junho”, diz o piloto.
As próximas disputas (oitava e nona etapas da categoria carros e quarta e quinta etapa para caminhões) do calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country estão marcadas para os dias 08 e 09 de junho, na cidade de Botucatu, para a realização do Rally Cuesta.

Confira o resultado da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country:

Carros (os cinco primeiros):
1) 323 Lucas Moraes/Beco Andreotti (MEM Motorsport/Prot. Sherpa), Protótipos – T1, 2:11:40
2) 301 Marcos Moraes /Fábio Rogério Pedroso (MEM Motorsport/ T-Rex), Protótipos – T1, 2:22:06
3) 351 Marcus Alexandre de Mello/Eduardo Pereira e Costa (Cotton Motorsport/Prot.Protom), Pró Brasil, 2:23:07
4) 310 Luiz Facco/Filipe Bianchini de Oliveira (Acelera Siriema/Mit. Triton SR), Pró Brasil, 2:23:07
5) 312 Régis Braga/Ana Carolina Sena Braga (Bahia Rally/VW Amarok), Super Production, 2:30:00

Resultado por categoria – Carros:

Protótipos T1:
1) 323 Lucas Moraes/Beco Andreotti (MEM Motorsport/Prot. Sherpa),
2) 301 Marcos Moraes /Fábio Rogério Pedroso (MEM Motorsport/ T-Rex),

Super Production:
1) 312 Régis Braga/Ana Carolina Sena Braga (Bahia Rally/VW Amarok), 2:30:00
2) 355 André Franco de Miranda/Osmar Dehn João (Alternativa 4×4 Racing/Mit.L200 RS), 2:31:04

Pró Brasil:
1) 351 Marcus Alexandre De Mello/Eduardo Pereira e Costa (Cotton Motorsport/Prot.Protom), 2:23:07
2) 310 Luiz Facco/Filipe Bianchini de Oliveira (Acelera Siriema/Mit. Triton SR), 2:23:13

Production T2:
1) 321 Celso Leal de Macedo/Frederico Macedo (Macedos Rally Team/Mit.TR4 ER), 2:33:55
2) 340 Pietro Branchina Neto/Henry Kirst (Rally Mr/Mit.TR4 ER), 2:38:37
3) 317 Nadimir Kayser De Oliveira/João Luis Stal (Viver Rally/Mit.TR4R), 2:40:38
4) 352 Pedro Helfenstein Prado Filho/Patrick Prado (Promacchina/Mit.Pajero Full), 2:43:51
5) 334 Willem van Hees/Doris van Hees (Codipar Racing/Troller T4R), 2:56:38

Caminhões
1) 403 Carlos Policarpo de Oliveira / Romulo Seccomandi / Davi Jose De Oliveira Fonseca (Território Motorsport / Ford Racing Trucks -Ford F4000 4×4), Leves, 2:46:09
2) 407 Fernando Ramos Birchal/Henrique Esmério de Oliveira (FB Racing/Ford F4000 4×4, Leves, 2:48:30
3) 404 Franklin Andrade Delgado / Paulo Vinícius Penteado do Nascimento (Território Motorsport/Ford F350 4×4), Leves, 2:59:22
4) 402 Amable Martinez- Conde Barrasa / José Papacena Neto / Leandro Mota de Oliveira (Autoliner/Ford F4000 4×4), Leves, 3:20:12

 
Dinho Leme Comunicação
Imprensa
Confederação Brasileira de Automobilismo
Foto: Doni Castilho