Régis Braga fatura primeira posição na abertura do Sertões Series na Super Production

Ao lado da navegadora Ana Carolina Sena Braga, e a bordo da Amarok, equipe venceu prova em Avaré (SP) e continuam na liderança do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

series-final-regis

11 de maio de 2013 – Teve início neste sábado a temporada 2013 do Sertões Series. O rally, que é válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros e caminhões, atraiu competidores de todo país à cidade de Avaré, no interior paulista. Para Régis Braga e Ana Carolina Sena Braga a estreia não poderia ser melhor, com o quinto tempo na geral entre os Carros, a dupla faturou a melhor posição da categoria que disputam a Super Production, em um tempo total de 2 horas e 30 minutos.

As equipes inscritas na competição, que tem organização da Dunas, a mesma do Rally dos Sertões, enfrentaram percurso entre os municípios de Avaré e Arandu, em meio a plantações de café, laranja e milho. Ao todo, foram percorridos 238 quilômetros, sendo 160 de trechos cronometrados divididos em duas especiais (voltas).

Segundo Régis, foi necessária cautela, para não prejudicar o equipamento. “A prova foi muito difícil, com muitas curvas descompensadas, muitos saltos. E, se exagerasse o carro quebrava. Viemos cautelosos, com medo da prova que estava muito perigosa, tivemos que ter muito cuidado”, analisou o piloto logo após a primeira especial.

Após acompanhar o desempenho dos adversários, onde muitos acabaram quebrando e ficando pelo trajeto, a dupla percebeu que estava no caminho certo. “Quebraram três carros na nossa frente, realmente quem não economizou, ficou pra trás”, disse o atual campeão e líder Brasileiro.

Cientes da estratégia que deveria ser adotada para completar com sucesso a prova de abertura do Sertões Series, Régis e Ana voltaram confiantes para a segunda especial do dia. “Conseguimos baixar dois minutos em relação a primeira volta, andamos bem melhor, pois já conhecíamos o percurso e os perigos. Assim ficou mais fácil, conseguimos andar rápido, mas com segurança”, ressaltou Régis.

A navegadora também aprovou a disputa em Avaré. “A prova ficou mais gostosa na segunda especial, em relação a primeira volta, quando estávamos apreensivos com os perigos, e poupamos o carro. Na segunda, estávamos mais seguros e colocamos um ritmo mais forte, foi uma prova bem interessante de participar”, concluiu.

A próxima etapa será o 6º Rally Cuesta, programado de 07 a 09 de junho, na cidade de Botucatu.

A equipe Bahia Rally tem o patrocínio do Banco Itaú, Concessionárias Bremen Volks.

Mais informações: www.sertoes.com

Resultado Carros – Geral (os cinco primeiros):

1) 323 Lucas Moraes/Beco Andreotti (MEM Motorsport/Prot. Sherpa), Protótipos – T1, 2:11:40
2) 301 Marcos Moraes /Fábio Rogério Pedroso (MEM Motorsport/ T-Rex), Protótipos – T1, 2:22:06
3) 351 Marcus Alexandre de Mello/Eduardo Pereira e Costa (Cotton Motorsport/Prot.Protom), Pró Brasil, 2:23:07
4) 310 Luiz Facco/Filipe Bianchini de Oliveira (Acelera Siriema/Mit. Triton SR), Pró Brasil, 2:23:07
5) 312 Régis Braga/Ana Carolina Sena Braga (Bahia Rally/VW Amarok), Super Production, 2:30:00

Super Production:
1) 312 Régis Braga/Ana Carolina Sena Braga (Bahia Rally/VW Amarok), 2:30:00
2) 355 André Franco de Miranda/Osmar Dehn João (Alternativa 4×4 Racing/Mit.L200 RS), 2:31:04

SIG Comunicação
Texto: Silvana Grezzana Santos
Foto: Doni Castilho/DFotos