logo-erb-brancoverm

Sertões: No Piauí, Bianchini Rally disputa duas importantes etapas antes da Maratona

Michel Terpins/Fabrício Bianchini estão em 3º na T1 Brasil

Manuel Andujar, atual campeão do Dakar, vence pelo 2º dia e é vice-líder nos quadris. Após três etapas, Cristiano Pressi está em 3º na Moto 3, Marcos Colvero em 6º na Moto 1. Nos UTVs, Gustavo Zanforlin/André Munhoz estão no Top5 da UT2.

São Raimundo Nonato (PI) – Entre Araripina/PE e São Raimundo Nonato/PI os pilotos de motos, quadris, UTVs e carro da Bianchini Rally se superaram em mais uma etapa cheia de adversidades. O 3º dia do Sertões foi marcado por mais uma Especial (trecho cronometrado) técnica e exigente com trechos sinuosos, travados, muitas pedras e erosões mas também com outros mais rápidos que permitiram acelerar mais. A equipe disputa o maior rali das Américas, neste ano, com competidores em todas as modalidades do grid.

O matogrossense Cristhiano Pressi (Husqvarna FE450) fechou em 2º na Moto 3 e 13º na geral (3h28m11s), no acumulado dos três dias de rali está em 3º na categoria. Já o gaúcho Marcos Colvero (Husqvarna FE 501) #46 completou em 7º na Moto 1 (3h43m07s) e está em 6º no acumulado.

Nos quadriciclos, segunda vitória consecutiva de Manuel Andujar (Yamaha Raptor 700) #107. O argentino disputa o Sertões, pela primeira vez, e perdeu a liderança no acumulado devido a uma penalização mas está a 1m03s do líder Marcelo Medeiros. Atual Campeão do Dakar nos quadris, Andujar lidera o Mundial de Rally Cross Country FIM, uma vez que a prova é válida pelo campeonato mundial para motos e quadris.

Carros – A dupla Michel Terpins/Fabrício Bianchini #322, que compete com uma Ford Ranger preparada pela XRally Team, terminou o dia em 3º na categoria T1 Brasil e foi a 11ª dupla da geral (3h13m20s). No acumulado seguem em terceiro na disputada categoria. “Mais uma Especial muito boa, dura, mas digna de Sertões, e conseguimos completar mais uma e seguimos a diante que tem muito rali pela frente ainda”, diz o piloto Terpins. “Foi um dia bom para gente, fizemos uma prova limpa sem sustos e fomos a 11º dupla mais rápida na geral. Estamos no nosso ritmo de prova e melhorando a cada dia. Vamos, que tem mais rali!”, completa Bianchini que está em sua 21ª participação

Nesta terça-feira, dia da 4ª etapa, a prova está sendo em laço, com largada e chegada em São Raimundo Nonato e as equipes passam mais uma noite no Piauí. Mais uma Especial completa e desafiante, desta vez, de 316 km de um total de 321 do dia. A 29ª edição tem nove etapas e termina no domingo, 22, na Praia de Carneiros, Tamandaré, no litoral pernambucano.

Depoimentos sobre a etapa 3:

Manuel Andujar (Argentina), estreante na prova, Campeão do Dakar 2021 nos quadris – “Muito feliz em vencer mais um dia de prova, apesar da penalização que me colocou em 2º no acumulado, mas o importante é que sigo somando pontos para o campeonato mundial de rally cross country.”

Cristhiano Pressi (Sorriso/MT), estreante na prova, motos – “Foi uma etapa legal com mais trechos de alta. Mas vim tranquilo e mantive o meu ritmo de prova e acho que essa é uma estratégia também para se chegar no final. Andar bem, mas o nosso limite e sem se arriscar.”

Gustavo Zanforlin (Barueri/SP), 2ª participação e um título na UT3 em 2020, UTV – “Foi espetacular essa etapa. Estávamos precisando de um bom resultado depois de dois dias muito difíceis. Mas agora é focar nas próximas etapas quatro,

Marcos Finato (Barueri/SP), 11ª participação e um título nas motos Super Production, UTV – “Os mecânicos viraram à noite e me entregaram um carro inteiro. Foi uma boa mas difícil corrida de recuperação porque meu Stella não estava funcionando e tive de fazer várias ultrapassagens na raça mesmo. Mas completamos mais uma é isso que importa.”

ROTEIRO SERTÕES 2021

18/8 – 5ª etapa “Xique-xique”: S. Raimundo Nonato (PI) / Xique-Xique (BA)
DI – 14 km | TE – 329 km | DF – 100 km |Total = 422 km (MARATONA)
Local de chegada: Parque Aquático Ponta das Pedras

19/8 – 6ª etapa “Velho Chico”: Xique-Xique (BA) / Petrolina (PE)
DI – 0 km | TE – 328 km | DF – 148 km |Total = 476 km (FIM MARATONA)
Local de chegada: Pátio de evento Ana das Carrancas

20/8 – 7ª etapa “Lampião”: Petrolina (PE) / Delmiro Gouveia (AL)
DI – 139 km | TE – 240 km | DF – 62 km |TOTAL= 441 km
Local de chegada: Cidade Universitária

21/8 – 8ª etapa “Alagoas”: Delmiro Gouveia (AL) / Arapiraca (AL)
DI – 9 km | TE – 152 km | DF – 87 km | TOTAL= 249 km
Local de chegada: Planetário e Casa da Ciência

22/8 – 9ªetapa “Sertão virou mar”: Arapiraca (AL) / Tamandaré (PE)
DI – 194 km | TE – 133 km | DF – 18 km | TOTAL= 344 km
Local de chegada: Forte de Santo Inácio de Loyola

TOTAL GERAL= 3.615 km | TOTAL DE ESPECIAIS= 2.202 km

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
Foto: Ricardo Leizer/Fotop